Notícias e Informações

Saiba como perder o sotaque enquanto fala outras línguas estrangeiras

No ano passado aconteceu algo bastante comum entre as pessoas com Alexander Zverev. O tenista alemão não conseguiu entender uma pergunta feita pelo repórter Jonathan Pinfield, que é nativo de Yorkshire.

Apesar de ter rido da situação, Jonathan declarou que sempre precisa falar devagar quando está entrevistando e isso se deve a seu sotaque, coisa que pode atrapalhar de verdade a carreira de uma pessoa.

De acordo com o British Council, que promove a cultura inglesa no mundo todo, dois bilhões de pessoas falarão inglês até o ano que vem. O idioma é a língua franca no universo dos negócios, mas como muitas das pessoas que o usam não são nativas a extinção do sotaque acaba sendo uma questão bastante discutida.

Mas se engana quem pensa que apenas quem não possui o idioma como língua mãe sofre algum tipo de preconceito. O designer britânico Paul Spencer conta que, quando se mudou do leste da Inglaterra para Londres em 2003 acabou sendo obrigado a abandonar seu sotaque para que ele pudesse progredir em sua profissão. Paul relata que esse processo foi feito de forma bastante consciente, já que ele achava que todo mundo falava daquele jeito.

Visando o aumento de suas receitas ao redor do mundo, muitas empresas vem adotando o inglês como sua língua principal até mesmo para facilitar seus processos de exportação, e devido a isso um sotaque carregado pode vir a se tornar um verdadeiro problema a longo prazo.

Dito isso, a dica de especialistas no assunto para eliminar o sotaque de nossa pronuncia é ouvir conteúdos em inglês o máximo que pudermos, além de fala-lo também,. O brasileiro Rafael dos Santos conta que, apesar de ter feito aulas de inglês quando foi morar no Reino Unido em 2002, acabou descobrindo que a melhor forma de melhorar o sotaque era praticar a noite com seu namorado da época.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.