Notícias e Informações

Abelha robótica é criado na Universidade de Harvard

Uma nova abelha robótica que é capaz de voar sem estar conectada a nenhum cabo de energia acaba de ser desenvolvida pela Universidade de Harvard e ganhou o nome de RoboBee X-Wing. O projeto já vinha sendo desenvolvido a bastante tempo pelo pesquisadores da instituição e acaba de ganhar uma versão menor e mais leve com novas funcionalidades. Uma das melhorias feitas dá ao dispositivo a possibilidade de voar tanto fora quanto dentro da água.

A nova versão possui apenas a quarta parte do peso de um clipe de papel e é capaz de bater suas asas 120 vezes a cada segundo, além de funcionar através de energia solar ou de lâmpadas fortes.

A energia que o RoboBee necessita para funcionar é fornecida por um transformador que está conectado a ele e que fornece 200 volts, o que faz com que seus mecanismos se contraiam, agindo assim como os músculos de um animal real.

Mas, apesar de não precisar de cabos para funcionar, o robô não pode ser usados em missões oficiais, já que só funciona sob a luz direta do sol e mesmo assim por poucos segundos. Durante os testes, foram colocadas lâmpadas acima da abelha, mas ainda assim seu voo foi sustentado apenas por meio segundo. Isso só deixa claro que, caso o objetivo seja soltar essa abelha robótica na natureza, será necessário aprimorar suas células solares além de diminuir o tamanho de sua bateria.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.